Após lucro recorde, JBS mira em novas proteínas

Empresa quer acelerar aquisições iniciada com o acordo para adquirir a companhia australiana produtora de salmão Huon Aquaculture

A JBS, maior processadora de carne do mundo, está ansiosa para comprar mais produtoras de peixe com o objetivo de incluir produtos de margens mais altas no portfólio.

A empresa quer acelerar a “curva de aprendizado” a ser iniciada com o acordo para comprar a produtora australiana de salmão Huon Aquaculture, anunciado na semana passada. Depois disso, quer se aprofundar no segmento de rápido crescimento, disse o diretor-presidente da JBS, Gilberto Tomazoni, em entrevista.

“Nosso objetivo é nos tornarmos pelo menos um dos três maiores produtores globais”, disse, acrescentando que a maioria dos ativos mais atraentes neste segmento estão na Noruega, Chile, Canadá e Escócia.

O executivo minimizou a preocupação de que a aquisição da Huon possa fracassar com o aumento da participação do magnata da mineração Andrew Forrest na produtora de salmão, o que poderia bloquear o negócio. A estratégia de Forrest de bem-estar animal e produção sustentável “também é uma prioridade absoluta para a JBS”, disse Tomazoni, e a medida do investidor não foi vista pela JBS como um obstáculo à compra.

A empresa, que investiu US$ 2,2 bilhões (R$ 11,5 bilhões) desde 2020 em aquisições – incluindo a oferta de US$ 314 milhões pela Huon -, tem caixa para continuar a onda de compras no mesmo ritmo ou ainda mais rápido sem comprometer sua alavancagem, disse o diretor financeiro da JBS, Guilherme Cavalcanti, na mesma entrevista.

Fonte: Bloomberg, Exame

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados