Após unificação das marcas, Kellogg só comemora

Com reestruturação, companhia obtém crescimento de dois dígitos e ampliação da sua distribuição 

Há um ano a Kellogg anunciava a unificação de todas as suas marcas no Brasil sob uma única identidade corporativa, englobando a Parati, empresa adquirida em 2016. Neste período, o crescimento foi impulsionado por diversos fatores: aumento do portfólio de produtos e distribuição nacional, entrada em novas categorias e lançamento do e-commerce B2B. O resultado: um crescimento de duplo digito e maior participação no mercado, no último ano.

Segundo Cristina Monteiro, diretora de Marketing de Categoria da Kellogg no Brasil, durante a pandemia, o portfólio diversificado da companhia foi fundamental para atender as mais distintas necessidades e ocasiões de consumo. Além disso, a executiva pontuou que todas as marcas e legado da Parati foram preservados.

Na prática, os últimos 12 meses foram estratégicos e consolidaram a postura comercial da empresa, que segue crescendo em ritmo mais acelerado que o mercado em três categorias: cereal matinal, biscoitos e salgadinho.

“Nosso crescimento vem de muitas frentes. Em termos de mercado, em um cenário com as pessoas dentro de casa, houve um grande aumento de consumo. Além disso, mudamos nossa estrutura de canais, aumentando nossa distribuição, aceleramos nossa agenda de e-commerce, tivemos lançamentos relevantes em todas as categorias e fortalecemos nossa comunicação”, explica a executiva.

Cristina ainda atribui o desempenho a excelência na execução da estratégia de produtos da companhia e também a mudança de comportamento do consumidor. “Muitas categorias tiveram maior penetração, mas aquelas com consumo de impulso sofreram um impacto significativo por conta da pandemia”, analisa Cristina.

“A grande busca por produtos indulgentes passou a dar lugar a um maior equilibro entre a indulgência e uma alimentação balanceada”.

Expansão de portfólio e aposta no e-commerce

Ainda nos últimos 12 meses, a companhia inovou com a entrada em novas categorias, como no caso do lançamento do Biscoito e Cookies Sucrilhos® – a marca antes era restrita ao famoso cereal matinal. Ambos os formatos foram desenvolvidos pensando em ampliar as opções de consumo e ir além do café da manhã.

Outra marca que chegou ao portfólio da companhia, veio direto dos Estados Unidos. Lançado no Brasil em abril, Cheez-It® é a maior marca americana de salgadinho de queijo. Agora, fabricado na planta de São Lourenço do Oeste – SC, o produto é parte de uma estratégia para atrair o público jovem adulto e conta com ingredientes locais, adaptados ao paladar do consumidor brasileiro.

Com presença no varejo online e atenta às mudanças comportamentais do consumidor durante a pandemia, a Kellogg investiu em uma plataforma de vendas B2B, a MyKellogg, que possibilitou um crescimento duas vezes maior dos pequenos varejistas, em relação à média do segmento em 2020.

Durante o primeiro semestre de 2021, clientes que compraram no e-commerce aumentaram seu desempenho em 28% – taxa bem acima da média do segmento. A empresa disponibiliza todos os produtos do seu portfólio no e-commerce e, em 2020 a plataforma registrou mais de 13 mil pedidos.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados