Carrefour foca na diversidade e contrata pessoas trans

Companhia realiza nesta segunda-feira uma ação voltada à inclusão, que integra um projeto de capacitação profissional para esse público

A inclusão de pessoas trans no mercado de trabalho passou por importantes avanços nos últimos anos, mas ainda hoje uma grande parcela desse público enfrenta dificuldades para se inserir profissionalmente. Buscando impactar positivamente esse cenário, o Carrefour, empresa líder no varejo alimentar do país, realiza nesta segunda-feira (27) uma ação voltada exclusivamente para a contratação de pessoas trans. A iniciativa vale para todas as unidades da rede no Brasil e conta com oportunidades em várias funções.

Com diversas edições ao longo do ano, os chamados Dias D consistem em datas especiais voltadas para a contratação de profissionais de perfis específicos. Com essa iniciativa, a empresa vem contribuindo para a inserção profissional de pessoas de grupos minorizados, reforçando o compromisso com a valorização e o aumento da diversidade e inclusão em todo seu ecossistema.

Em paralelo a essa ação, o Carrefour desenvolve também projetos de capacitação profissional exclusivos para pessoas trans que, desde 2016, já formaram mais de 250 pessoas. Neste ano, o programa TRANSforma, realizado em parceria com a Alicerce Educação e a Casa Neon, selecionou 40 pessoas para passarem por um processo de formação de 6 meses que busca capacitá-las tanto em aspectos técnicos quanto em competências sócio-emocionais. No momento, o programa se aproxima de sua etapa final, que inclui a participação dos alunos em processos seletivos do Carrefour ao longo do mês de outubro.

A edição deste ano, que teve início em maio, já deixa claro os impactos positivos na vida das pessoas participantes: quatro delas já ingressaram no mercado de trabalho e um dos alunos conseguiu iniciar um curso que sonhava há anos. “Hoje, com o Projeto Transforma, eu estou realizando meu sonho de ser enfermeira e um outro grande sonho, que não é só meu e sim de toda(e)s pessoas transgêneros: nossa real inclusão social e no mercado de trabalho”, conta Samantha Almeida Santana, participante do programa.

Atualmente, o Carrefour emprega mais de 80 pessoas trans em todo o Brasil, mas a empresa contabiliza que já passaram mais de 200 colaboradores e colaboradoras desse grupo pelas suas unidades nos últimos anos, sendo uma das companhias que prioriza a agenda da inclusão de pessoas trans no País. “Diversidade é um princípio do qual não abrimos mão. Promovemos a inserção profissional para grupos minorizados por entendermos que o trabalho é um dos principais fatores de inclusão social e que o setor do varejo é uma porta de entrada importante para o mercado de trabalho”, afirma Kaleb Machado, gerente de Diversidade e Inclusão do Grupo Carrefour Brasil.

SERVIÇO

Para se candidatar no Dia D, um dos pré-requisitos é que a pessoa se identifique com o propósito do Carrefour de contribuir para um mundo melhor, aplicando este comportamento durante todas as suas relações. As vagas são para todo o Brasil e possuem cargas horárias distintas de acordo com a função a ser exercida. Há oportunidades para recepcionista de caixa, repositor, açougueiro, padeiro, peixeiro, agente de fiscalização, operadores de centro de distribuição, farmacêuticos, frentista e operador de loja de conveniência, além de outras posições tanto no corporativo quanto em operações.

Todas as etapas do processo seletivo acontecem de forma online, com exceção da entrevista com o gestor que é realizada presencialmente para que o candidato possa visitar a unidade e visualizar a função que será desempenhada. As inscrições para o Dia D acontecem nesta segunda-feira, dia 27 de setembro, mas os interessados podem se cadastrar em qualquer outro momento pelo site: https://99jobs.com/carrefour/jobs/87585-diversidade-carrefour

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados