Lançamentos da indústria voltam a recuar em agosto

Mas saldo acumulado nos últimos 12 meses segue positivo, segundo índice da GS1 Brasil. Setor de bebidas se destaca 

A indústria brasileira perde um pouco do otimismo que havia no primeiro semestre. O lançamento de produtos em agosto recuou 10% em relação a julho, de acordo com o Índice GS1 de Atividade Industrial, apurado pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil. A mesma tendência ocorre na comparação com o mesmo mês de 2020, com queda de 18,5%. No entanto, o acumulado de 12 meses do índice apresenta crescimento de 3,9%.

As indústrias de bebidas e alimentos encontram-se em situação mais favorável. De janeiro à agosto, o acumulado do ano para o ramo de bebidas é de 11,3%. E só no mês de agosto ante julho, houve um incremento de 30,8% nos lançamentos. Na área de alimentos, a soma do ano é de 3,8%.

“A desaceleração na intenção de lançamento de produtos normalmente observada a partir de setembro chegou mais cedo este ano. Com um segundo mês de queda, retornamos ao patamar de abril do índice, o que sugere um arrefecimento no otimismo do empresariado e moderação para o lançamento de produtos”, comenta Virginia Vaamonde, CEO da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados