Pesquisa com consumidor é determinante para lançamentos em higiene oral

Líder de mercado ouviu clientes durante a pandemia e criou portfólio com 30 produtos  específicos

A marca de cuidado oral Colgate anuncia de mais de 30 produtos no portfólio brasileiro nos próximos meses. A marca, que está em 95% dos lares brasileiros, passou os últimos meses realizando estudos com os consumidores para entender as diferentes necessidades.

A pandemia mostrou que a inovação será cada dia mais decisiva para seu negócio. Encurte caminhos, e vá direto ao ponto com o curso Inovação na Prática

A partir disto, são lançados produtos como creme dental para proteger as gengivas, opções com extratos naturais, linha sem ingredientes artificiais e creme dental para remover manchas de café e vinho.

“Buscamos atender as diferentes necessidades e estilos de vida que identificamos a partir de pesquisas. A relevância das inovações está dentro das expectativas variadas entre o que o consumidor considera mais importante para uma boca saudável”, afirma Nelson Malta, diretor de marketing da Colgate-Palmolive Brasil.

Segundo o executivo, não é possível determinar um tempo médio de desenvolvimento de produtos, mas ele reforça que 30 novidades é uma quantidade bastante relevante para o momento. “A pandemia da covid-19 gerou maior busca pela higiene em geral. Neste momento entendemos mais as necessidades dos brasileiros”.

O estudo que considera aspectos da vida do consumidor também ajuda nas estratégias de comunicação. Um exemplo se dá com a marca Sorriso, parte da empresa Colgate-Palmolive. Com dois novos sabores, a linha conta com uma identidade visual de cores vibrante e reforça presença nas mídias sociais.

“Estamos com grandes influenciadores e forte campanha com desafios no TikTok. Ao ter diferentes linhas e públicos também precisamos pensar em uma estratégia de comunicação completa e multicanal”, diz Malta.

A empresa não anuncia faturamento e investimento por marca em cada uma das regiões, mas globalmente a Colgate-Palmolive registrou 4,260 bilhões de dólares em faturamento no último trimestre, um crescimento de 9.31% quando comparado ao mesmo período do ano passado.

Em 2020, a companhia teve receita de aproximadamente 16 bilhões de dólares e crescimento de quase 5% quando compara do ano anterior. O registro é bastante expressivo visto que nos dois anos anteriores o crescimento estava em média em 1%. O Brasil é um dos países mais importantes na estratégia de crescimento contínuo.

Fonte: Exame

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados