Relatório global de sustentabilidade 2020 da PepsiCo mostra avanços do Grupo

Documento aponta as diretrizes para a construção de um sistema alimentar mais sustentável e as ações voltadas ao uso eficiente da água que geraram 20% de economia no ano passado

Relatório Global de Sustentabilidade 2020 da Pepsico demonstra a manutenção do compromisso permanente da empresa para gerar mudanças positivas ao planeta e às pessoas, ao mesmo tempo que reconhece o trabalho significativo para enfrentar os desafios do sistema alimentar, tais como a mudança climática, a perda de solo fértil, os resíduos de embalagens e a desigualdade.

Em 2020, a empresa registrou uma eficiência de 20% no uso da água nestas plantas em relação a 2019, e de cerca de 40% em relação a 2015. Na planta da Sabritas Vallejo, no México, a demanda de água diminuiu mais de 50% em 2020, em comparação com 2019. Além disso, graças à aplicação de um projeto de água circular, a planta reutiliza mais de 80% da água consumida diariamente.

“Sem dúvida, a pandemia foi um desafio, mas ela não minou as nossas aspirações e objetivos, pelo contrário. Em 2020, aceleramos os nossos esforços com ações audazes em áreas-chave para o negócio. Nossa agenda de sustentabilidade é parte fundamental dos projetos que colocamos em funcionamento na América Latina, o que também nos permitiu apoiar de perto as comunidades onde estamos presentes”, comenta Paula Santilli, CEO da PepsiCo América Latina.

O enfoque de sustentabilidade da PepsiCo abrange todas as etapas da extensa cadeia de valor da companhia, com estratégias que visam:

• Reconsiderar a forma como são feitos o plantio e o fornecimento de culturas, com avanços significativos nos seguintes aspectos:

• Matérias-primas diretas que abastecem a companhia. Em 2020, quase 87% delas passaram a ser de origem sustentável em todo o mundo.

• Agricultura Positiva: adoção de práticas agrícolas regenerativas em 2,8 milhões de hectares, melhoria nos meios de subsistência de mais de 250 mil pessoas na cadeia de valor agrícola e produção sustentável de 100% dos ingredientes-chave, incluindo culturas terceirizadas, até 2030.

• Rede de Demo Farms da PepsiCo na América Latina. No Brasil, a gestão inteligente da água para irrigação, com imagens por satélite e equipamentos de irrigação altamente eficientes, permite aumentar a produção e aprimorar a utilização desse recurso. No México, uma iniciativa em colaboração com pequenos produtores visa apoiar o desenvolvimento sustentável do setor de óleo de palma, com um aumento de 80% na produtividade.

• Empoderamento econômico das mulheres – não só nas comunidades agrícolas, mas em toda a cadeia de valor da PepsiCo – em consonância com o compromisso global da empresa de que pelo menos metade dos beneficiários dos seus programas de impacto social sejam mulheres.

A aliança da PepsiCo e da Fundação PepsiCo com parceiros como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) resultou na implementação de projetos como o Fundo para a Agricultura da Próxima Geração, cujo objetivo é identificar os desafios relacionados a assuntos de gênero na cadeia de fornecimento de batata na República Dominicana, no Equador e na Guatemala.

• Fazer negócios de forma sustentável e inclusiva, com importantes resultados quanto a:

• Emissões de gases de efeito estufa em toda a cadeia de valor, com uma redução global de 5% em 2020.

• Eficiência operacional no uso da água, com uma melhoria global de 15% em áreas de alto risco hídrico em 2020. Na América Latina, a PepsiCo conta com dez sistemas de biorreatores de membrana e de osmose inversa – em países como Brasil, Chile, Colômbia, México e República Dominicana – que produzem água de alta qualidade para sua reutilização em diferentes plantas situadas em áreas de alto risco hídrico.

• Eletricidade renovável. Na América Latina, as operações diretas da PepsiCo no Chile, na Colômbia, na Guatemala, no Peru e em Porto Rico utilizam eletricidade 100% renovável.

• Logística e distribuição. A PepsiCo visa reduzir significativamente suas emissões de dióxido de carbono e, por isso, ampliou sua frota de veículos híbridos, elétricos e movidos a gás natural comprimido em países como Brasil, Colômbia, Guatemala e México.

• Reciclagem inclusiva para ajudar a construir um mundo onde as embalagens nunca se tornem resíduo. Em 2020, a LatitudR, iniciativa multissetorial da qual a PepsiCo faz parte, beneficiou mais de 15.400 recicladores de base em 17 países da América Latina.

• Mudança climática. A PepsiCo anunciou que duplicará seu objetivo climático baseado na ciência, visando reduzir em mais de 40% as emissões absolutas de gases de efeito estufa em toda a sua cadeia de valor até 2030. Além disso, a companhia se comprometeu a alcançar emissões líquidas zero em todas as suas operações globais até 2040.

• Equidade racial. Com um investimento de mais de US﹩ 570 milhões para elevar a diversidade de vozes dentro da empresa, ao longo da cadeia de valor e nas comunidades onde opera.

• Criar marcas com propósito, que sejam melhores para os consumidores e para o planeta. A PepsiCo conseguiu avanços significativos em âmbito mundial como parte das metas propostas para reduzir os açúcares adicionados, o sódio e as gorduras saturadas no seu portfólio, entre eles:

• 48% do portfólio de bebidas tem 100 calorias ou menos de açúcares adicionados por porção (o objetivo da empresa é chegar a 67% até 2025).

• 64% do portfólio de alimentos tem 1,3 mg ou menos de sódio por caloria (o objetivo é alcançar 75% até 2025).

• 71% do portfólio de alimentos tem 1,1 g ou menos de gorduras saturadas por cada 100 calorias (o objetivo é chegar a 75% até 2025).

“Estamos trabalhando para transformar a maneira como criamos valor compartilhado, sem exceder os limites naturais do planeta e inspirando uma mudança positiva para o planeta e para as pessoas”, revela Ramón Laguarta, CEO e presidente do Conselho de Administração da PepsiCo. “Isso nos tornará uma empresa melhor, com um propósito claro integrado à nossa estratégia de negócio. Também nos tornará mais rápidos e mais fortes, permitindo o crescimento acelerado e o investimento contínuo na nossa gente, nos nossos negócios e nas nossas comunidades. Esperamos nos transformar num exemplo para os nossos parceiros e colegas”.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados