Renovação de portfólio da indústria foi discreta em 2021

Índice GS1 retrata os números levantados pela Associação Brasileira de Automação

O Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial, levantado pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, apresentou crescimento de 1,0% para o mês de dezembro na comparação com o mês anterior no dado livre de efeitos sazonais.

Na comparação com dezembro de 2020, apresentou queda de 5,5% e no acumulado do ano, uma queda de 0,3% com relação ao mesmo período do ano anterior. ​

Os números deixaram muito a desejar em 2021 em lançamentos para o Varejo de Alimentos. A retração no segmento de Bebidas ultrapassou os 9% ao longo do ano passado.

Quando a GS1 compara 2021 com 2020, a queda de lançamentos supera os 60% no segundo ano da pandemia em relação ao primeiro.

A indústria de alimentos contou com produção tímida no acumulado do ano, mas na na comparação com 2020, a queda foi de 14,3%.

O Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial fechou o ano de 2021 em um patamar similar ao observado no ano anterior. “A recuperação observada no primeiro semestre perdeu força a partir de junho, resultando em um ano ameno para a intenção de lançamento de produtos. Esse ritmo deve se manter até que haja uma retomada consistente da economia nacional e mundial, e com isso a melhora na confiança dos empresários. Esperamos que em 2022 a renovação de portfólio nas empresas aconteça com maior entusiasmo, tendo a GS1 Brasil como parceira em todos os momentos”, analisa Virginia Vaamonde, CEO da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil.

Índice por regiões do País

Índice por setores

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados