Sommelier dá plantão para encantar os clientes

Grupo aprimorou a venda de vinhos inclusive com a ampliação das adegas a fim de elevar ainda mais as vendas da bebida 

O crescimento do consumo de vinhos tem incentivado o mercado a oferecer cada vez mais opções a quem aprecia a bebida no Brasil. Seja no calor, com brancos, rosés e espumantes; ou no clima mais frio, com predominância dos tintos, há sempre um bom rótulo para cada perfil de consumidor. No Rio de Janeiro, a rede de supermercados Prezunic acompanha a tendência com a ampliação de sua adega, trazendo novidades para este inverno. Nas lojas onde há maior demanda, sommeliers especialmente treinados orientam os clientes com dicas para quem quer acertar em cheio na escolha da bebida mais adequada.

“Buscamos sempre manter uma adega de qualidade e diversificada para atender desde o cliente que busca rótulos mais requintados, até aquele que pretende degustar uma boa bebida levando em conta o custo/benefício”, afirma Fabrício Caldas, gerente de compras de bebidas da rede.

Uma pesquisa realizada pelo Ideal Consulting e divulgada no início deste ano mostra que o mercado de vinhos no Brasil teve alta de 31% em 2020, com 501,1 milhões de litros consumidos naquele ano, contra 383,9 milhões em 2019. No primeiro trimestre de 2021, durante os meses mais quentes, a tendência de crescimento se manteve, em especial, na comercialização dos espumantes, mais procurados no verão. Além de lojas especializadas e restaurantes, o levantamento considerou também as vendas em supermercados.

Para este inverno, a expectativa é boa. Um dos profissionais especializados do Prezunic, o sommelier Alexandre Labre fica à disposição dos clientes na loja da Barra da Tijuca. Com 15 anos de trabalho na rede de supermercados carioca, há seis ele é o responsável por atender quem busca pelos melhores vinhos, e está atento às demandas de cada cliente.

“É muito comum recebermos clientes em busca de vinhos para ocasiões específicas, como celebrações de noivado, pedidos de casamento e outras situações. Buscamos sempre atender da melhor forma possível, levando em conta todos os fatores, a partir das expectativas e possibilidades de cada um”, explica Alexandre.

Entre as novidades para este inverno estão vinhos nacionais, chilenos, argentinos, franceses, portugueses e italianos, entre outras procedências. Com preços entre R$ 24,99 e R$ 199, há opções para todos os gostos e bolsos.

“É possível fazer bonito, mesmo com um vinho de custo mais baixo. No caso do Prezunic, temos rótulos de excelente qualidade a preços bastante convidativos, a partir, também, da importação própria feita pela rede”, observa o sommelier.

O investimento constante em sua adega faz da rede de supermercados carioca uma referência em vinhos no Rio de Janeiro. O próprio Alexandre Labre mantém uma lista de clientes em grupos de WhatsApp que o acionam em diversos momentos para solicitar dicas e orientações na aquisição de rótulos.

“A confiança que adquirimos ao longo do trabalho no Prezunic faz com que muitos clientes solicitem nosso contato para consultas sobre vinhos. Me sinto muito satisfeito em poder colaborar. O vinho continua sendo uma bebida requintada, o que não o impede de se tornar popular”, afirma o especialista.

Todas as 30 lojas já oferecem os novos vinhos selecionados para este inverno. As unidades Barra, Recreio, Botafogo, Freguesia, Icaraí, Ilha, Jauru, Meier e Pechincha contam com profissionais especializados que podem orientar os clientes na escolha dos melhores rótulos, de acordo com o perfil de cada consumidor.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados