Walmart investe em startup de flv sustentável

É o primeiro grande varejista americano a aplicar na produção especial de alimentos frescos

O Walmart disse, nesta terça-feira, que adquiriu uma participação na startup agrícola Plenty, tornando-se o primeiro grande varejista dos EUA a investir significativamente na agricultura vertical interna como forma de entregar produtos mais frescos às suas lojas.

Os agricultores verticais produzem itens de alta qualidade, mesmo usando menos água e menos terra. O método também não utiliza agrotóxicos, e os produtos podem ser cultivados o ano todo próximo ao ponto de distribuição, aumentando a confiabilidade do fornecimento.

O Walmart, maior varejista do país, não quis comentar sobre o tamanho de seu investimento ou os termos financeiros do acordo. Mas a varejista com sede em Bentonville, Arkansas, disse que se juntará ao conselho da Plenty no fechamento da transação.

O acordo ocorre em um momento em que os supermercados estão sob pressão para adotar práticas mais ecológicas. A Plenty, com sede em São Francisco, é um dos muitos participantes no campo de rápido crescimento da agricultura interna. Outros incluem Morehead, AppHarvest, com sede em Kentucky, e Gotham Greens, com sede em Nova York.

Em uma pesquisa global recente, a consultoria Agritecture – que trabalha com agricultores urbanos – descobriu que pelo menos 74 empresas de agricultura indoor foram fundadas apenas em 2020.

A Plenty, que foi fundada em 2014 e tem uma fazenda vertical no sul de São Francisco, também opera uma instalação de pesquisa científica de plantas internas em Laramie, Wyoming. Agora está construindo em Compton, Califórnia, o que diz ser a fazenda interna vertical de maior produção do mundo, com inauguração prevista para o segundo semestre deste ano.

Plenty disse que suas torres agrícolas são projetadas para cultivar diversas culturas em uma plataforma do tamanho de uma grande loja de varejo. Seus sistemas contam com torres de plantas verticais, iluminação LED e robôs para plantar, alimentar e colher as culturas. A empresa diz que suas fazendas usam apenas 1% de terras que uma fazenda ao ar livre requer e entregam de 150 a 350 vezes mais comida por acre.

O Walmart disse que a fazenda Compton da Plenty enviará verduras para as lojas da Califórnia a partir do final deste ano. A rede de supermercados disse ainda que as fazendas verticais complementarão, mas não substituirão, as práticas agrícolas tradicionais, enquanto ajudam a aumentar a oferta de alimentos de maneira sustentável.

Fonte: Anne D’Innocenzio, AP, Valor

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados