Atacadão puxa lucro do Carrefour no primeiro trimestre

Plano de expansão da bandeira atacadista da companhia está acelerado e prevê mais dezenas de novas lojas neste ano

O Carrefour Brasil teve lucro líquido de R$ 420 milhões no primeiro trimestre, um crescimento de 4,7% ante mesmo período de 2020. Esse desempenho foi puxado pelas maiores vendas em suas divisões de supermercados e atacarejo (Atacadão), além de controle de gastos.

As vendas brutas atingiram R$ 18,1 bilhões, sendo R$ 12,7 bilhões do Atacadão. A receita do Carrefour (sem contabilizar os postos de gasolina) atingiu R$ 4,8 bilhões no período.

Na divulgação dos resultados do primeiro trimestre, o Carrefour informou que o plano de expansão do Atacadão está acelerando. A marca de atacarejo encerrou o primeiro trimestre com 245 lojas (incluindo 30 atacados de entrega), após a abertura de nove lojas no período, incluindo a conversão de 5 lojas do Makro, com total de 11 lojas convertidas até o momento.

A companhia também apontou bom desempenho dos hipermercados, que registraram crescimento superior à média do segmento.

De acordo com o relatório de resultados da companhia, a estratégia de expansão nos formatos autosserviço e de proximidade (que são os estabelecimentos menores da bandeira Carrefour) adicionou mais 4,2% de crescimento.

Durante o primeiro trimestre a rede abriu 9 lojas de atacado de autosserviço e 1 loja de proximidade.

“Em 2021, nós estamos acelerando a abertura de lojas, com as conversões do Makro em abril. Tal movimento adiciona um fator importante para maior contribuição de expansão no futuro. Nós planejamos abrir 45 novas lojas em 2021 (incluindo as conversões do Makro), o que deve resultar em uma contribuição para o crescimento de cerca de 10-12% nos próximos trimestres”, diz a companhia.

Entre as estratégias de crescimento do Atacadão está o fortalecimento do canal de vendas online (que representa 2% da receita das lojas onde está presente).

“A parceria com serviços de entrega rápida já está disponível em 60 lojas de 13 estados, reforçando a nossa presença nacional e a estratégia de oferecer conveniência ao melhor preço para nossos clientes. As vendas através do canal cresceram 45% sequencialmente”, diz a marca.

Em relatório de resultados, a companhia relatou que os ganhos também foram impulsionados pela contribuição de R$ 495 milhões referente ao valor justo do empreendimento imobiliário de Pinheiros, em São Paulo, registrado na efetivação da transação com a WTorre, anunciada no quarto trimestre do ano passado.

Fonte: Reuters

Posts Relacionados

Fique por dentro de nossas novidades