Mars busca equidade de gênero em todas as lideranças

Programas corporativos potencializam oportunidades para mulheres em todos os níveis da companhia no Brasil e no mundo

Na última semana quando se comemorou o Dia Internacional da Igualdade Feminina, a Mars reforçou seu compromisso e objetivo global de criar um ambiente inclusivo que viabilize o crescimento profissional e a valorização das mulheres, que inclusive, já vêm desempenhando papel fundamental na empresa, uma vez que a companhia compreende que o sucesso delas é elemento chave para um futuro compartilhado.

Os compromissos da empresa em relação à igualdade de gênero nos locais de trabalho, comunidades, fornecedores e no mercado, tem levado a empresa para estabelecer a meta global de posições de liderança 100% equilibradas em termos de gênero em todas as suas 80 operações no mundo. No Brasil, a liderança feminina da Mars já alcançou a marca de 30% em posições gerenciais e 40% em posições operacionais.

“O nosso objetivo em todas as unidades de negócio, é alcançar 100% de equilíbrio de gênero entre as equipes de liderança globalmente”, conta Marcele Gianmarino, gerente de diversidade e inclusão da Mars Brasil. Recém chegada na empresa, Marcele assume a posição com o desafio de acelerar ainda mais a agenda de Diversidade e Inclusão na Mars, tendo a liderança feminina como um dos seus principais pilares: “nos últimos anos, fizemos um importante progresso na representação de gênero, aumentando a proporção de mulheres em cargos de liderança sênior em mais de um terço”, completa.

As práticas da Mars são pioneiras no país desde 2014 e contemplam a licença maternidade estendida para as mulheres, uma vez que se compreende a importância e impactos emocionais da chegada de uma criança na vida de uma família. Essa licença pode, inclusive, ser estendida voluntariamente por mais 6 meses de forma não remunerada. Da mesma forma, a empresa também oferece todo o apoio para o retorno das mães ao trabalho, por exemplo, com uma sala de amamentação no escritório.

“O primeiro passo é ouvir as mulheres para entender como podemos fortalecer as mensagens de diversidade feminina dentro da companhia e, por fim, fortalecer o suporte àquelas que estão retornando de licença maternidade. Além disso, a recente criação do grupo de afinidade de gênero irá propiciar um local seguro onde as mulheres possam trazer suas experiências e serem acolhidas, e consequentemente alcançar nossos objetivos de prover representação igualitária e equilibrada para mulheres do mundo todo”, comenta Marcele.

O processo seletivo da Mars também trabalha com intencionalidade no recrutamento de candidatos para a ampliação do quadro de mulheres em todos os níveis e áreas funcionais, principalmente em média e alta gestão.

Enquanto compromisso global, a Mars também incluiu uma estratégia específica na cadeia produtiva, chamada Cacau Para Gerações, a empresa se uniu a agência de ajuda humanitária CARE e investiu US$ 10 milhões para empoderar 50.000 mulheres em comunidades produtoras de cacau ao redor do mundo nos próximos cinco anos. O objetivo é capacitar as mulheres dessas localidades por meio de microfinanciamentos para aumentar a alfabetização financeira, a poupança das famílias e as atividades geradoras de renda das mulheres.

A Mars contribui para uma mudança sistêmica e permanente, e acredita que é preciso dar voz e amplitude às mulheres para alcançar a igualdade de gênero nas empresas e na sociedade como um todo. Em fevereiro, a empresa lançou a campanha de empoderamento #HereToBeHeard. A iniciativa convida mulheres do mundo todo a responderem à pergunta “o que precisa mudar para que mais mulheres possam alcançar seu máximo potencial?”, ajudando a empresa a moldar uma sociedade mais inclusiva. A campanha é global e foi disponibilizada em português para garantir a participação das mulheres brasileiras. Agora está em fase de análise de resultados para divulgação no início de outubro.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados