News from Alibaba

Pesquisando e procurando aprender sobre o “bicho papão” do momento, que é o e-commerce, observo, cada vez mais, que as grandes empresas buscam avidamente participar do mercado de lojas físicas e, assim, competir melhor com elas.

Do mesmo modo, as redes de supermercados estão entrando fortemente no varejo on-line. A briga parece ficar mais equilibrada.

No entanto, dinheiro faz a diferença e a Amazon e o Alibaba estão entrando pesados no varejo off-line.
Enquanto a Amazon comprou, recentemente, a rede americana Whole Foods, a chinesa Alibaba, que já tem participação na rede francesa Auchan na China, já está operando cerca de 10 lojas em Xangai com a bandeira Hema Fresh. É um projeto ambicioso que pretende abrir 100 lojas em três anos, e o fará, pois dinheiro e determinação não faltam.

É um supermercado voltado para produtos perecíveis. Clique aqui e conheça essa loja. Acredite, você vai adorar! É uma ideia maravilhosa, a loja física parece muito atrativa e motivadora para compras.

*Antonio Carlos Ascar é estudioso das tendências mundiais do varejo de autosserviço. Graduado e pós-graduado em Administração de Empresas pela FGV (SP), e especialização em Empreendedorismo pela Babson College de Boston (EUA). É autor do livro Glossário Ascar de Termos Supermercadistas e do livro Distribuindo as Camisas, (à venda no site www.mercadolivre.com.br). Por 31 anos foi diretor executivo do Grupo Pão de Açúcar, implantou diversos formatos de loja como: Extra, Minibox, Superbox, Peg Faça, Express, entre outros. Atualmente é consultor e sócio diretor da Ascar & Associados, empresa de consultoria que atua na prestação de serviços a redes supermercadistas. Ascar é também palestrante internacional, consultor de varejo da Abras e articulista da revista SuperHiper, publicação da Abras. www.ascarassociados.com.br

Clique aqui e confira o dicionário do setor.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados