ABRAS discute o futuro do supermercado no ponto de venda

As redes supermercadistas paulistas Enxuto e Pague Menos e a Nextop debateram sobre o impacto das inovações tecnológicas para o setor durante a Live Supermeeting

Uma questão que todos os varejistas discutem, incansavelmente, é sobre o futuro do supermercado no ponto de venda. Para refletir com profundidade sobre o tema, no final da tarde desta terça-feira (19) convidados da ABRAS participaram da 10ª Live Supermeeting, transmitida ao vivo pelo canal da entidade no Youtube. O evento contou com as participações de Letícia Guilhermino, diretora de marketing do Grupo Enxuto (SP), Natália Simões, coordenadora de Inteligência de Mercado, GC e CRM do Supermercado Pague Menos (SP), e Juliano Camargo, CEO da Nextop. A moderação ficou por conta do vice-presidente de Vendas e marketing da ABRAS, Celso Furtado.

O primeiro a compartilhar suas visões foi Juliano Camargo. Antes de comentar sobre as inovações tecnológicas desenvolvidas pela empresa para os supermercadistas, o executivo fez questão de compartilhar a mudança ocorrida na marca da companhia – antes, conhecida como Top Sistemas e, agora, como Nextop. “Nosso propósito é a construção de um mundo melhor, onde as pessoas possam viver melhor e usufruírem de todos os benefícios que a tecnologia possa oferecer, tanto do lado do supermercadista quanto do lado do cliente. Nós levamos o nosso nome para o próximo nível, ou seja, para internacionalização da marca”, afirmou Camargo, que na sequência lembrou aos presentes sobre o lançamento do carrinho inteligente na Convenção ABRAS 2021.  

Celso Furtado comentou que é “um ganho importante ver a tecnologia cada vez mais amigável, intuitiva, e tropicalizada dentro do nosso setor”. O moderador do evento pediu para Camargo contar mais um pouco sobre o desafio de promover e oferecer a tecnologia, desenvolvida no Brasil, para os varejistas. Juliano Camargo revelou que o time da Nextop está com grandes expectativas de ver esse novo carrinho tecnológico rodando por todo o Brasil, proporcionando uma nova experiência de compra ao shopper. “O carrinho de compras da Amazon Go foi o primeiro, mas a gente já estava construindo o nosso. Sem falar que o nosso carrinho é muito mais barato e está adequado à realidade brasileira. Os supermercadistas parceiros terão acesso a um preço acessível”, contou o CEO da Nextop.

Letícia Guilhermino, diretora de marketing do Grupo Enxuto (SP), e Natália Simões, coordenadora de Inteligência de Mercado, GC e CRM do Supermercado Pague Menos (SP), as outras duas convidadas do evento, foram apresentadas pelo mediador. Furtado chamou Letícia Guilhermino para a conversa e pediu para que ela comentasse um pouco sobre a parceria da varejista com a Nextop. A executiva disse que já vem desenvolvendo junto ao Juliano Camargo a aquisição do carrinho inteligente para as lojas da rede paulista.

“É ver transformar a inovação em algo tangível. Em algo que o cliente sinta-se convidado a usar e não algo que é uma tecnologia de muita ficção, que causa estranheza ou dúvida na hora de usar. Estamos trocando essas experiências para que a gente possa ter um carrinho com usabilidade, que as pessoas queiram usar e, principalmente, consigam usar de uma forma muito simples”, esclarece.

A executiva também afirmou que deseja que o carrinho seja mais uma das ferramentas que possa transformar a compra física, reduzindo, por exemplo, questões de reclamação do cliente como as longas filas de espera. De acordo com ela, o objetivo é proporcionar uma experiência prazerosa no ponto de venda físico.

Após os apontamentos de Letícia, Celso Furtado solicitou a opinião de Natália Simões, da rede Pague Menos. Ela iniciou provocando a todos quando disse que os dados e os números “contam histórias e precisam ser humanizados”. Simões ressaltou que a oportunidade de trabalhar com o carrinho inteligente pode parecer, num primeiro momento, algo muito longe para alguns varejistas. De acordo com ela, não há necessidade de desespero porque todo processo de inovação começa se fazendo o mínimo. “É um caminhar, a gente inova estruturando no nosso varejo, agregando oportunidades”, ressaltou.

Juliano Camargo fez questão de frisar, a todo momento, o slogan da empresa “Para nós o futuro já chegou” porque as inovações tecnológicas são necessárias para o progresso do setor supermercadista no Brasil. “A gente tem o primeiro carrinho inteligente de compras da América Latina; o carrinho de inteligência para separação de e-commerce num único processo e com um único funcionário; o self-checkout com alta velocidade, que trará uma performance maior, mesmo com compras maiores. Queremos oferecer soluções e opções para o nosso cliente para que ele possa decidir o que é mais aderente à sua operação e o seu jeito de fazer as coisas”, explicou o CEO da Nextop.

Mais detalhes sobre o carrinho inteligente que permite o consumidor fazer compras sem precisar ter contato com outras pessoas e passar pelo self checkout de alta velocidade; a experiência da rede Enxuto com a implantação das lojas autônomas e a reflexão de Natália Simões sobre a importância dos dados e informações, gerando inteligência de mercado podem ser conferidos na matéria completa que será publicada na edição impressa de SuperHiper.  

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados