Alta da inflação eleva consumo de marcas próprias

Estudo mostra que consumidores já consideram itens private label como competitivos em diversos fatores além do preço; consumo continua acima dos níveis pré-pandemia

*Renato Müller

O aumento da inflação e a contração de renda da população no pós-pandemia está elevando a demanda por produtos de marca própria das redes supermercadistas americanas. De acordo com um recém-divulgado estudo do FMI (“2022 Power of Private Brands”), 40% dos consumidores estão comprando mais itens de marca própria do que antes da pandemia e três quartos desse público pretende continuar fazendo isso.

O estudo mostra que 63% dos consumidores percebem os itens de marca própria como tendo uma boa relação custo/benefício e 55% compram esses produtos pelo preço mais acessível. Outros fatores importantes na decisão de compra de itens de marca própria são a boa qualidade, sustentabilidade, sabor e contribuição à saúde e bem-estar.

“Está claro que os consumidores veem os produtos de marca própria como itens competitivos em relação a sabor e qualidade”, diz Doug Baker, vice-presidente de relações com a indústria do FMI. “Os preços e os problemas na cadeia de suprimentos levaram mais clientes a testar produtos de marca própria, mas essas não são as únicas razões pelas quais os consumidores continuam colocando esses itens em suas cestas de compra”, acrescenta.

No que se refere à inovação, o estudo traz insights interessantes. Um em cada 5 consumidores compra itens de marca própria por causa de embalagens convenientes e reutilizáveis e 14% buscam produtos que sejam melhores para o meio ambiente. Os consumidores também tendem a comprar mais produtos private label que pareçam interessantes (20%) ou que pareçam ser diferenciados ou inovadores (13%).

Como apenas 2% dos consumidores disseram comprar marcas próprias somente quando os itens “de marca” não estão disponíveis na loja, fica claro que o interesse do público por esses produtos vai além do preço. “Sabor, qualidade percebida e praticidade são aspectos importantes na decisão de compra, e os produtos de marca própria estão entregando isso”, completa Baker.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados