Dobrar de tamanho em 7 anos com 23 novas lojas

 Dobrar de tamanho em 7 anos com 23 novas lojas

Projeto ambicioso está em curso em vários estados do país por um dos maiores grupos de Varejo Alimentar

Com a décima maior população do Brasil e o 6º maior Produto Interno Bruto (PIB), Santa Catarina está em quinta posição no ranking dos estados que mais faturam no setor supermercadista: 7,3% do total no país.

O diretor de marketing do grupo Pereira, Lucas Pereira, disse que nos últimos sete anos o grupo dobrou de tamanho e a meta é dobrar novamente nos próximos sete anos, com investimentos acelerados. O vice-presidente Manoel Pereira informou que são 23 projetos em andamento nos diversos estados.


O grupo atua também em São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal e vai estrear no Rio Grande do Sul em dezembro, com loja do atacarejo em Caxias do Sul. Além da rede Fort, é dono dos supermercados Comper, atacado Bate Fort, farmácias e cartão de crédito Vuon.

Segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), em 2021, SC faturou no setor R$ 30,9 bilhões de um total nacional de R$ 611 bilhões. Mas se for incluída a receita do Grupo Pereira, dono do Fort Atacadista, que faturou mais de R$ 5 bilhões no Estado, o montante de SC sobe para R$ 36 bilhões.
​​
A receita do grupo não é registrada no Estado pela Abras porque a sede jurídica fica em São Paulo. Embora a empresa tenha nascido em Itajaí há 60 anos, a sede foi transferida anos atrás.


De acordo com Lucas Pereira, mais de 50% do faturamento de 2021, que alcançou R$ 9,7 bilhões, veio de vendas em Santa Catarina. Neste ano a receita bruta total do grupo vai superar R$ 11 bilhões e será mantida proporção semelhante de SC.


Para marcar reinauguração da loja do Campeche, que foi reconstruída porque sofreu incêndio em dezembro último, a família fez um evento de confraternização que também foi uma das comemorações dos 60 anos da empresa.

Fonte: Estela Benetti, NSC

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados