Inteligência Artificial muda compra de alimentos em supermercados

De carrinhos computadorizados a chefs virtuais, tecnologia tem cada vez mais espaço nas jornadas de consumo dos clientes

O uso de Inteligência Artificial vem ganhando espaço no varejo, impulsionado pela digitalização dos negócios. Baseadas em IA, diversas soluções estão tentando agilizar a jornada de compras, oferecer sugestões mais assertivas para os clientes e aumentar a eficiência das operações dos supermercados.

Um exemplo é a Caper Cart, um carrinho de compras que usa IA para medir, pesar e contabilizar cada item colocado dentro dele. Uma tela colocada próximo ao cliente faz, então, sugestões de produtos a partir do que já foi colocado no carrinho e de ofertas que estão nas gôndolas vizinhas. A tela também pode ser usada para que o cliente faça o pagamento diretamente no carrinho, sem intervenção humana. Para o varejo, uma vantagem da tecnologia é a possibilidade de entender melhor o comportamento dos clientes: não apenas do que compraram, mas também das sugestões feitas pela tecnologia e que não foram aceitas.

Em outra linha de uso de tecnologia, a rede de supermercados Kroger lançou no fim do ano passado o Chef Bot, uma ferramenta de receitas que oferece sugestões de preparo a partir dos produtos que o cliente tem em sua geladeira. Basta enviar fotos de três produtos para o perfil @KrogerChefbot no Twitter para receber recomendações de receitas de forma automatizada.

Para tentar acelerar o processo de compra online de supermercados, a Hungryroot partiu para outro caminho: o uso de machine learning e modelos preditivos para desenvolver listas de produtos personalizadas para os clientes. O sistema parte de um questionário sobre hábitos de consumo e preferências alimentares para montar uma primeira lista, da qual os clientes subtraem itens ou acrescentam. Os pedidos, então, são enviados para o endereço desejado. Segundo a empresa, em 72% dos casos a lista sugerida é enviada para os clientes sem alteração alguma, e o sistema vai aprendendo com o uso e se tornando cada vez mais preciso em suas sugestões.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados