Mondelēz Brasil avança na agenda de equidade racial

Às vésperas do Dia da Consciência Negra, multinacional anuncia metas sólidas de promoção de colaboradores a médio prazo

A Mondelēz Brasil, líder mundial em snacks e dona de marcas como Lacta, Trident, Halls, Club Social, Bis, Oreo e Tang, está com uma agenda sólida na promoção da equidade racial.  A companhia tem aproximadamente 37% de colaboradores pretos e pardos, com 24% em cargos administrativos.

A meta é aumentar para 37% em cargos administrativos e liderança até 2024. Além disso, a empresa é uma das integrantes do MOVER, movimento formado por 47 grandes empresas do país, focado em liderança, empregabilidade e conscientização para promover equidade racial e, por meio de ações práticas, gerar oportunidades para 3 milhões de pessoas, com 10 mil negros em cargos de Liderança até 2030.

Liel Miranda, presidente da Mondelēz Brasil, é também presidente do conselho do MOVER, reforçando o compromisso de prioridade por esta agenda. No dia 23 de novembro, a Mondelēz Brasil será uma das empresas que fará parte do Dia de MOVER, que irá conectar cerca de um milhão de colaboradores em prol da equidade racial.

A Mondelēz Brasil tem um comitê Étnico-Racial atuando de maneira estratégica nas frentes de liderança, cultura, marcas e atração de talentos.  40% das vagas de estágio foram ocupadas por pretos e pardos nas duas primeiras ondas de 2021.

Além disso, possui parcerias com a EmpregueAfro – consultoria étnico-racial que trabalha no recrutamento de pessoas com este recorte; Maurício Pestana (Revista Raça) que traz visibilidade de como o mercado tem atuado com a frente da diversidade, além de ministrar treinamentos com áreas estratégicas e lideranças da companhia.

Com o id_br (Instituto Identidades do Brasil) atua no desenvolvimento de programas e ações e possui o Selo Compromisso Sim à Igualdade Racial que a  inclui num hall de empresas comprometidas com a igualdade racial.

Através de suas marcas também trabalha esta agenda de forma ativa.  Uma das marcas que tem se posicionado em relação às questões de equidade racial e diversidade, é Oreo. Com o objetivo de estimular a igualdade, diversidade e respeito de forma brincante, a marca de biscoitos da Mondelēz Brasil acaba de lançar o segundo ano da campanha Oreo Faz de Contos.

No projeto, a marca promove a transformação de clássicos infantis em histórias inclusivas, contando com a criação de roteiro, ilustração e narração de grandes nomes que possuem lugar de fala para as questões que abordam, e trazendo representatividade e diversidade para os pais da nova geração transmitirem às crianças.

Este ano, o primeiro conto infantil da nova edição será Cachinhos Dourados, com uma nova versão cheia de representatividade, narrada por artista Lázaro Ramos. O conta fala sobre a transição capilar de uma menina preta e reforça o poder, a beleza e a força que os cabelos cacheados e crespos possuem.

O vídeo irá ao ar nesta sexta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra, no Globoplay. Os demais contos estão previstos para lançamento em dezembro, todos os três também estarão disponíveis nas plataformas digitais de Oreo, como Youtube, Instagram e Facebook.

Por meio do projeto “Papo do Dia”, Tang vem ajudando pais a entenderem como lidar e conversar com seus filhos sobre temas atuais e sensíveis. O objetivo da série mensal de lives promovida nas redes sociais da marca é democratizar assuntos necessários e promover reflexões que contribuem para a construção de um futuro melhor.

A última live do projeto vai acontecer no próximo dia 23 de novembro às 19h, com a participação da influenciadora Rízia Cerqueira e do consultor de diversidade e inclusão Humberto Baltar, ambos debatendo a importância de levantar pautas antirracistas, nas redes sociais de Tang.

Além do Papo do Dia, durante todo o mês, diversos conteúdos com indicações de leituras sobre diversidade racial, brincadeiras africanas e filmes e desenhos com protagonistas negros serão trabalhados no Facebook e Instagram da marca.

Já participaram do projeto as artistas e influenciadoras Samara Felippo, Isabela Petraglia, Thaeme e Flavia Calina, debatendo assuntos como o feminismo, consumo consciente, respeito ao meio ambiente e colaboração na infância.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados