Na fila para estrear na B3, Hortifruti inaugura loja conceito

Além de ser uma referência em FLV, rede também quer se destacar na oferta de outras categorias de produtos frescos

Enquanto se prepara para testar o apetite do mercado por uma fatia da companhia em um IPO, na Bolsa, a dona das redes Hortifruti e Natural da Terra reinaugura sua maior loja no Rio após mega ampliação e reforma.

Fruto de um investimento de R$ 6 milhões, a unidade da Rua Adalberto Ferreira, no Leblon, foi ampliada de 900m2 para 1300 m2 e renasce como uma Loja Conceito, um espaço para testar formatos e serviços que depois poderão ser adaptados para outras lojas. 

A loja terá padaria com produção 100% local e produtos de fermentação natural, peixaria, Wine Bar com degustação e comidinhas e uma praça de alimentação com opções de saladas, açaí, sushi, cafés e pratos quentes. O espaço conta ainda com uma dark store, uma área dedicada ao atendimento de pedidos feitos pela internet. “Já somos referência em frutas, verduras e legumes e estamos dando um passo para sermos também reconhecidos em qualidade e experiência de compra nos outros produtos frescos: carne, peixe, pães e laticínios”, diz o CEO Thiago Picolo. 

A loja do Leblon é uma evolução de uma outra loja conceito do mesmo porte inaugurada no Tatuapé, bairro da zona leste de São Paulo, com a bandeira Natural da Terra. 

Fundada em Colatina, no Espírito Santo, em 1989, a empresa entrou para o portfólio da gestora Bozano (atual Crescera) em 2010. Seis anos depois, a participação foi vendida para o fundo suíço Partners Group, que hoje detém 97,76% da empresa e tenta uma saída por meio de uma abertura de capital. A empresa protocolou o pedido no dia 23 de abril, um dia depois da concorrente Fartura, que opera com a bandeira Obá, desistir de seu IPO em meio à dificuldade de atrair o interesse de investidores.

A companhia hoje tem sede no Rio e fechou o primeiro trimestre de 2021 com 71 lojas, das quais 53 no Rio, 15 em São Paulo, duas no Espírito Santo e uma em Minas Gerais. Destas, 13 foram abertas nos últimos 12 meses, uma expansão puxada pela bandeira Leve, um formato menor, para compras rápidas e de conveniência.

A empresa aposta ainda na força do seu e-commerce para convencer os investidores do valor do negócio. A operação, que faz a distribuição a partir das lojas físicas, já representa 16% das vendas, que somaram R$ 485 milhões no primeiro trimestre.

Atenção aos detalhes

A nova loja inaugura a adega da Hortifruti que oferece mais de 300 opções de rótulos de todo o mundo selecionados pela Grand Cru, maior importadora de vinhos finos da América Latina. Além de um sommelier no local, a rede apresenta o ‘sommelier digital’, um serviço de autoatendimento que utiliza tecnologia para criar sugestões personalizadas de vinhos e harmonizações de pratos de acordo com o perfil do cliente. A Grand Cru ficará responsável também pelo Wine Bar onde será possível degustar vinhos em taça e chopp gelado com aperitivos.

A loja conceito da Hortifruti oferece ainda outros serviços como: seção de empório a granel com 51 produtos entre temperos, cereais, chás, nuts e snacks saudáveis; confeitaria; café moído na hora; peixaria fresca com opções de peixes temperados, e açougue com balcão de carnes temperadas e seleção de cortes premium em conjunto com a linha ‘1953’ da JBS. A loja do Leblon conta ainda um espaço para os orgânicos, o maior entre todas as unidades da rede.

“Temos uma longa história com o carioca que sempre teve a Hortifruti como referência pela qualidade e frescor dos produtos. Com a nova loja conceito da Hortifruti no Leblon, estamos ampliando nossa presença na cidade transformando totalmente o conceito de um hortifrúti convencional para fidelizar quem já conhece a nossa marca e trazer novos clientes”, explica Thiago Picolo, CEO da rede Hortifruti Natural da Terra.

Fonte: O Globo

Posts Relacionados

Fique por dentro de nossas novidades