Ociosidade na indústria nacional cresce em um ano

Dados da GS1 mostram que mais empresas encerraram o portfólio dos produtos 

A Taxa de Retração Industrial cresceu 2,3% em setembro deste ano em relação a agosto. Em 2021, a taxa acumula alta de 12,4%, o que indica mais empresas encerraram o portfólio de produtos.

Ao comparar a estatística de setembro de 2021 com setembro de 2020, houve crescimento da inatividade de empresas em 22,2%. Aferida pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, a Taxa de Retração Industrial tem a finalidade de identificar tendências no encerramento de atividades empresariais no Brasil.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados