Por que o Oriente norteia crescimento dos negócios da Cepêra?

Indústria aposta em vendas expressivas apesar do cenário econômico e a constante alta dos insumos

A Cepêra, que em 2022 comemora 75 anos de existência, atua em três frentes: atacado, food service e varejo, cujo crescimento (canal varejo) vem aumentando exponencialmente nos últimos anos e já responde por mais de 30% do faturamento da empresa.

Com ações constantes para a promoção da linha voltada ao varejo, a Sabores Cepêra, a empresa direciona suas atividades para ampliar o gerenciamento da categoria de sabor em São Paulo, Rio de Janeiro e no Nordeste, em localidades como Bahia e Fortaleza (CE).

Presente em mais de 4 mil redes no Brasil, sobretudo no estado de São Paulo, a Cepêra vê Minas Gerais e Rio de Janeiro como oportunidades para ampliar sua distribuição.

Para 2022, o planejamento estratégico da empresa também inclui novas linhas e produtos no portfólio, além da ampliação da UMAI, linha oriental que foi a principal novidade no ano passado. “Em 2021 crescemos 26% na empresa como um todo e para 2022 estimamos um crescimento estimando entre 15% e 20%, apesar de ser um ano com grandes desafios em função do cenário econômico do país e a constante alta dos insumos”, analisa o diretor comercial da Cepêra, César Santos. O executivo acredita que as tendências de consumo seguirão alguns movimentos observados durante a pandemia, como os hábitos de cozinhar em casa e de experimentar sabores diferentes.

Categoria do Sabor

Atualmente a Cepêra conta com mais de 150 SKUs, como: condimentos, molhos, pimentas, azeites, conservas, molhos de tomates, aromas e doces com sabores exclusivos e adaptados ao paladar brasileiro.

Como explica Santos, desde 2021 a Cepêra aposta em um novo conceito, o da “Categoria do Sabor”, que faz a união de todos os SKUs que dizem respeito a sabor, inclusive de outros segmentos que não fazem parte do portfólio da marca. A ideia é apontar as preferências sobre temperos, condimentos e sabores culinários reunidos na “Categoria do Sabor” tendo como premissa, como remete o próprio nome, o sabor e as preferências de compras do consumidor. “Poderíamos dar escala antes, mas, por estratégia, queremos medir os resultados e sermos assertivos. O sellout da categoria, em média é o dobro, em relação às lojas que não implementaram o projeto”, diz o executivo.

De acordo com a gerente de marketing da Cepêra, Ana Carolina Penteado, com a Categoria do Sabor é possível atender a todas as tendências mais buscadas pelos consumidores em um ponto focal. “Com isso, outros ganhos também são notados, como uma gestão de compras mais facilitada, uma melhor organização dos produtos e redução de custos da operação. Além disso o impacto visual fideliza o shopper, que encontra tudo o que procura para seu momento culinário em um único local, fidelizando-o”.

Sobre a Cepêra: Tradicional e moderna, a Cepêra está presente no mercado desde 1947 com sua linha de condimentos, conservas, molhos e pimentas, com o propósito de prover sabores e experiências àqueles que amam cozinhar, sejam profissionais ou amadores. Uma empresa que pensa no paladar dos brasileiros e que acompanha tendências e traz constantemente novidades aos seus consumidores que buscam experimentações e memórias afetivas de forma simples, democrática e autêntica. Além de presente em restaurantes, lanchonetes e casas do território nacional, a Cepêra exporta seus produtos para países da América Latina, Europa e Estados Unidos.  www.cepera.com.br. E agora os produtos também podem ser adquiridos pelo e-commerce: https://www.ceperaonline.com.br/.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados