PepsiCo investe R$ 16,5 milhões nas comunidades

Dois milhões de pessoas serão beneficiadas em projetos que visam prosperidade econômica, segurança alimentar e acesso à água, com apoio da Fundação PepsiCo

A PepsiCo vai investir R$ 16,5 milhões nas comunidades brasileiras por meio de projetos de impacto social, até 2022. A estratégia, que conta com investimentos diretos e da Fundação PepsiCo, braço filantrópico da companhia, beneficiará mais de dois milhões de pessoas e está ancorado em três frentes de atuação: Prosperidade Econômica, em especial de mulheres, pessoas negras e profissionais de cooperativas de reciclagem; Segurança Alimentar e Acesso à Água. Para isso, a companhia firmou parceria com cerca de 20 organizações não-governamentais e instituições proeminentes, que já lideram estas agendas com grande expertise no país.

“Na PepsiCo, acreditamos no crescimento e na prosperidade compartilhados. Este investimento traduz nosso compromisso com os brasileiros e brasileiras, com os quais temos a honra de fazer parte de suas vidas por meio das nossas marcas, há quase 70 anos, e de inciativas que levam adiante valores que não abrimos mão, como diversidade, inclusão, acesso igualitário a oportunidades e a recursos básicos como educação, água, saneamento e alimentação”, afirma Alexandre Carreteiro, Presidente da PepsiCo Brasil Alimentos. “Como um dos dez mercados principais da companhia no mundo, no Brasil temos um plano de crescimento de longo prazo que leva em sua essência a aceleração da transformação social em temas fundamentais e latentes de nosso país. Estamos seguros de que avançaremos juntos”, acrescenta Alexandre.

A preocupação da PepsiCo no desenvolvimento social e ambiental do país não é de hoje e não se restringe a contribuir financeiramente com projetos transformadores. Há mais de duas décadas, a companhia vem construindo uma base sólida de ações objetivando tornar a sociedade brasileira mais igualitária, atenta às questões ambientais e ao futuro do planeta.

Para Ricardo Maldonado, Presidente da PepsiCo Brasil Bebidas, “juntos, iniciativa privada, terceiro setor e governo, é possível promover uma profunda e positiva transformação social, acelerando o crescimento de nosso país e gerando oportunidades significativas e duradouras para nossas comunidades”. E ressalta: “Temos mais de 12.000 talentos internos, dos negócios de bebidas e alimentos, engajando-se e abraçando cada uma destas causas também para fazer essa agenda acontecer”.

Já na visão global da companhia, segundo o Vice-Presidente Executivo e Diretor Global de Assuntos Corporativos da PepsiCo, Roberto Azevêdo, “o Brasil é um mercado-chave para a PepsiCo e, dessa forma, é preciso ativar todo o potencial de crescimento sustentável do país, com investimentos relevantes no curto, médio e longo prazos em nosso negócio e em toda a cadeia de valor, o que inclui, sem dúvida, as comunidades. Por meio da Fundação PepsiCo, o nosso compromisso é amplificar a nossa escala para promover uma influência positiva e resultados exponenciais”, conclui.

As três frentes de atuação dos investimentos contemplam:

• Prosperidade Econômica

O objetivo é promover a prosperidade compartilhada em comunidades, construindo capacidade para um futuro mais estável, para empreendimentos sociais autossustentáveis ​​e para acesso a recursos essenciais para acelerar a equidade racial e de gênero, como educação e desenvolvimento de habilidades técnicas e de liderança, necessárias para melhorar o poder aquisitivo e a subsistência de proprietários de micro e pequenos negócios.

Portanto, a PepsiCo manterá sua atuação direcionada a iniciativas que visam expandir a empregabilidade, o acesso ao trabalho, o desenvolvimento profissional para a equidade. Neste pilar temos:

• Equidade Racial

Para a promoção da equidade racial e de gênero, em especial para jovens adultos, a companhia firmou parcerias com cinco organizações líderes:

• Festival Feira Preta, liderada por Adriana Barbosa, é uma iniciativa que valoriza o empreendedorismo negro, reconhecendo que ele é fundamental na construção de um ecossistema mais justo e equilibrado em oportunidades e resultados financeiros para a população negra. A expectativa é colaborar com mais de 1.000 empreendedores e empreendedoras.

• Articuladora de Negócios de Impacto na Periferia, ANIP, liderada por Marcelo Rocha, DJ Bola, tem como propósito compreender, articular e mobilizar os atores estratégicos para a consolidação do ecossistema de negócio de impacto, apoiando uma nova geração de profissionais em estágios diferentes de desenvolvimento. A iniciativa impactará 850 profissionais.

• GOYN, Global Opportunity Youth Network, coordenado pela organização filantrópica United Way, busca promover a inclusão produtiva das juventudes em situação de vulnerabilidade social da cidade de São Paulo, até 2030, alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da ONU. Serão impactados 1.125 jovens com o programa.

• Iniciativa LIFT, Língua, Inspiração, Foco, Transformação, realizada em parceria com o Instituto Ser+, é ação afirmativa em prol da equidade racial, que oferece ensino gratuito de inglês e orientações profissionais (mentorias) para pessoas negras, além do desenvolvimento de networking. Iniciado em 2014, o projeto já beneficiou 163 universitários e universitárias e contou com a participação de 347 mentores(as) voluntários(as). Até 2022, cerca de 400 pessoas terão a oportunidade de passar pelo LIFT nas cidades de SP, Salvador, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

• Mover (Movimento pela Equidade Racial). A PepsiCo é signatária, ao lado de mais de 40 outras grandes empresas, com o objetivo de combater o racismo estrutural, acelerando mudanças efetivas em toda sociedade. A iniciativa visa gerar 10 mil posições de liderança e oportunidades para três milhões de pessoas negras no Brasil até 2030.Raça e Gênero são destaques entre as ações de diversidade da PepsiCo, que, entre outras iniciativas internas e externas, possui as metas de alcançar pelo menos 50% de mulheres e 30% de pessoas negras em cargos de liderança até 2025.

• Equidade de Gênero

Adicionalmente, os recursos serão investidos para apoiar a empregabilidade e o empreendedorismo feminino por meio do programa Mulheres com Propósito, desenvolvido em parceria com a FUNDES (instituição que integra Micro, Pequenas e Médias Empresas às cadeias de valor de Grandes Empresas na América Latina). O programa, iniciado em 2018, já certificou mais de 1.000 mulheres no Brasil por meio de cursos e mentorias e tem como objetivo alcançar 2.000 mulheres no país e 12 mil na América Latina até 2025.

A companhia também apoiará a Rede Mulher Empreendedora (RME), que tem por objetivo gerar integração, capacitação e troca de conhecimento entre mulheres que possuem ou buscam o próprio negócio, espalhadas por todo o país. A iniciativa beneficiará cerca de 40 mil mulheres por meio de ações virtuais, com especial foco em impactar positivamente mulheres da região Nordeste do Brasil, promovendo conhecimento, renda e autoestima.

• Cooperativas de Reciclagem

Os investimentos da PepsiCo na cadeia do plástico estão focados no apoio às cooperativas de reciclagem, a fim de impulsionar a economia circular e ajudar na renda de milhares de catadores e suas famílias pelo Brasil. Para isso, a empresa tem parceria com a maior plataforma de reciclagem inclusiva do país, o Reciclar pelo Brasil, e dará continuidade ao programa da PepsiCo Reciclagem com Propósito, iniciativa própria da PepsiCo que consiste em um programa de fidelidade para engajar o consumidor para fazer o descarte correto de embalagens.

Estas iniciativas são uma importante forma de promover a inclusão social de pessoas muitas vezes marginalizadas na sociedade, como refugiados e sem teto, e devem impactar diretamente 35 mil pessoas, sendo 5 mil pessoas pelo Reciclar pelo Brasil e 30 mil pessoas por meio do Reciclagem com Propósito. Somente na última década, a companhia investiu mais de R﹩10 milhões no Brasil, no desenvolvimento profissional e capacitação de centenas de homens e mulheres que trabalham nas cooperativas de reciclagem.

Em relação às embalagens, a meta da Pepsico é a de que, até 2025, 100% delas sejam recicláveis, compostáveis ou biodegradáveis em todo o mundo. A PepsiCo tem como objetivo crescer de forma sustentável no mercado, ao mesmo tempo em que mantém seu compromisso de fazer o bem ao planeta e às suas comunidades. A empresa acredita que existe uma oportunidade de mudar a forma como o mundo produz, distribui, consome e descarta alimentos e bebidas, para enfrentar os desafios de forma compartilhada.

• Segurança Alimentar

O propósito é endereçar a segurança alimentar nas comunidades, fornecendo acesso de curto prazo a alimentos e refeições, lutando contra a fome e a desnutrição infantil e construindo soluções sistêmicas de longo prazo que aumentem a disponibilidade contínua e o acesso a alimentos nutritivos.

• Auxílio Emergencial de Curto Prazo

Desde o início da pandemia, a companhia doou 355 toneladas de alimentos e bebidas às comunidades mais impactadas em 12 estados e continuará apoiando esta causa em parceria com o Mesa Brasil. Desde 2014, a soma de doações realizadas pela PepsiCo chega a 455 toneladas de alimentos.

Somente em abril de 2021, a empresa doou mais de 31 toneladas de alimentos que foram distribuídas pela Associação Comunitária para Valorização do Heliópolis, uma representante da CUFA, em São Paulo. Com o objetivo de direcionar parte dessas doações para um dos públicos mais afetados durante a pandemia, a PepsiCo se uniu ao Instituto Free Free para apoiar as mulheres, mães e meninas que sofrem os impactos dessa calamidade. Elas são, em sua maioria, as responsáveis pela saúde e alimentação da família, por isso, incluí-las no centro desse suporte, é essencial para atuarmos de forma assertiva neste momento.

• Soluções Sistêmicas de Longo Prazo

A PepsiCo visa contribuir para ajudar a resolver o problema da fome. Uma nova parceria com a Gastromotiva está em andamento para promover a inclusão social e a geração de empregos por meio do trabalho nas cozinhas sociais da empresa. O programa beneficiará mais de 5.600 pessoas com formação e empregos, além de oferecer mais de 80 mil refeições nas cidades do Rio, São Paulo e Curitiba.

O programa Nutrição pelo Futuro (Nutrition For The Future) foi desenvolvido para realizar a complementação alimentar de crianças em situação de vulnerabilidade em 2020, dentro das unidades escolares, na região Nordeste e com foco no combate à desnutrição infantil. Com a pandemia, a iniciativa foi revertida na distribuição de cestas básicas, com cerca de 3.900 cestas doadas pela PepsiCo. A ação terá continuidade em 2021, em parceria com a Fundação PepsiCo e o Global FoodBanking Network (GFN), nos estados da Bahia, Pernambuco e Sergipe, atendendo 1.200 crianças com cestas básicas e durante três meses, desde maio. A ação deverá impactar diretamente cerca de 4.800 pessoas.

• Acesso à Água

Em parceria com a Water.org e o Aquafund do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), além do Banco do Nordeste, a empresa investirá em projetos para o fornecimento de água para 52.000 pessoas no Nordeste do país, onde cerca de 80% das pessoas não têm acesso a esgotamento sanitário e 40% não possuem rede de água em suas residências.

Somando à parceria, a PepsiCo trabalha com outras iniciativas de curto e longo prazos para contribuir para o acesso à água:

• Curto Prazo – Habitat para a Humanidade: instalação de estações de lavagem de mãos, reconstrução de banheiros, caixas d’água e outras melhorias estruturais para higiene, que beneficiarão 1.500 pessoas por dia nas favelas de São Paulo. Essa ação é ainda mais necessária em função da pandemia da Covid-19, objetivando a higienização das mãos em combate ao vírus nessas comunidades. O alcance geral dos beneficiários após 6 meses será de mais de 270 mil pessoas.

• Longo prazo – Adicionalmente aos compromissos da PepsiCo para a redução do uso de água em suas operações (que geraram uma economia de mais de 583 milhões de litros no período de 2015 a 2020) e no agronegócio (que já reduziram em 60% o uso de água limpa, somente na cadeia produtiva de batata desde 2018, o que representa uma economia de cerca de 50 milhões de litros de água, quantidade de água suficiente para abastecer uma cidade de 65 mil habitantes por 7 dias no Brasil), a empresa trabalha com a The Nature Conservancy na restauração de aquíferos e recuperação de bacias hidrográficas brasileiras. Além disso, tem buscado o aprimoramento do trabalho de acesso seguro à água para melhorar o saneamento básico e a infraestrutura.

A PepsiCo trabalha para aumentar o acesso à água potável; incentivar a economia circular do plástico; ampliar iniciativas de equidade racial e de gênero, por meio do fomento à empregabilidade e ao empreendedorismo e investir em ações objetivas de combate à fome. Assim, a PepsiCo quer entregar melhores resultados para as pessoas e para o planeta, enquanto cresce de forma mais resiliente e impulsiona o crescimento do país.

Posts Relacionados

Fique por dentro de nossas novidades