REDES SOCIAIS ALAVANCAM E-COMMERCE

Plataforma de e-commerce mostra o balanço do setor, a mudança no comportamento dos consumidores e aponta tendências. Ferramenta do Instagram e loja do Facebook são as mais utilizadas por lojistas. WhatsApp lidera no quesito atendimento

Mais uma pesquisa reforça que e-commerce foi um dos setores que mais movimentaram a economia do País no ano passado. Os negócios on-line registraram um aumento de 185% entre 2019 e 2020 e, neste cenário, as redes sociais assumiram um papel fundamental: representaram um terço dessas vendas, registrando um salto de 22% para 34%. É o que aponta a 6ª edição do estudo NuvemCommerce, realizado pela Nuvemshop, plataforma com mais de 70 mil lojas virtuais, em sua maioria, de pequenos e médios empreendedores (PMEs).

O Instagram tem se destacado pela importância na estratégia dos lojistas. Essa rede social já corresponde a 87% das vendas. Dentre todos os empreendedores, 57% afirmam utilizar a ferramenta Instagram Shopping, enquanto a Loja do Facebook é utilizada por 46%. Embora outros canais de venda tenham sido mencionados pelos comerciantes, 21,5% afirmaram que não usam nenhum outro canal além de sua própria loja virtual.

Entre os entrevistados, 96% relataram utilizar o Instagram para divulgação da marca, 80% estão no Facebook e 71% estão no WhatsApp, que apresentou aumento de 13 pontos percentuais em relação ao ano anterior. O TikTok aparece, pela primeira vez, no levantamento, já utilizado por 15% dos lojistas. No quesito atendimento, o WhatsApp já é adotado por 95%, consolidando-se como principal canal, seguido por Instagram (83,5%), E-mail (51%), Facebook (49,5%), Telefone (42%), Chat on-line (17%) e outros (5,5%). Outro ponto a se destacar é a consolidação das vendas por dispositivos móveis, que representam 71%, e correspondem a um crescimento de 5,4% do total em relação a 2019.

Fonte: Redação SuperHiper

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados