Sovena quer cortar parte do plástico na produção

Relatório de Sustentabilidade da companhia aponta metas rígidas de ESG a curto prazo

O Grupo Sovena, líder mundial no setor de azeite e uma empresa única, pela capacidade de integração de toda a sua cadeia de valor – desde o olival ao embalamento e à distribuição, apresenta as iniciativas através das quais pretende garantir um processo de produção mais sustentável e menos danoso ao meio ambiente para os próximos anos. Tendo como meta e redução em 31% no consumo de plástico virgem até 2025, a companhia reforça a importância do reaproveitamento dessa matéria-prima e como suas práticas sustentáveis são prioritárias e transversais aos negócios do grupo.

O processo de redução do plástico virgem já está no radar da Sovena, com a atual incorporação de 20% de plástico reciclável e redução de até 50% da quantidade de pigmentos das garrafas dos produtos das marcas da empresa. “Estamos comprometidos com a possibilidade de aumentar o nível de incorporação, contudo, cientes de que este será um processo gradual, já que o PET reciclado poderá não ser suficiente para a procura crescente do mercado”, explica João Basto, Diretor de Sustentabilidade da Sovena.

Hoje, o Grupo Sovena já aposta em uma procura permanente por novos materiais de embalagem com menores índices de carbono e que, ao mesmo tempo, sejam compatíveis com a preservação de óleos alimentares. “Esta busca nos ajuda a alcançar ainda outra das metas de 2023 que é a redução de 30% das emissões de gases de efeito de estufa em nossa operação”, conta o executivo.

Além disso, a companhia mantém um olival intensivo, no qual investe em um processo de inovação que garante o cuidado das plantas, fornecendo-lhes apenas a água e os nutrientes que precisam, promovendo uma mobilização mínima dos solos. Desta maneira, é possível não só manter e melhorar a estrutura e o teor de matéria orgânica no solo, como minimizar o número de tratamentos e da água utilizada em todo o plantio.

Com uma produção agrícola focada no desperdício zero e foco no impacto positivo nos ecossistemas e nas comunidades com as quais a companhia se relaciona, a Sovena traçou como alguns dos seus compromissos corporativos a utilização de 100% de eletricidade proveniente de fontes renováveis em suas fábricas, a obtenção da Certificação EFR (Empresas Familiarmente Responsáveis) em Portugal, (um conjunto importante de medidas que promovem a conciliação entre a vida pessoal e a vida profissional de seus colaboradores) e o desenvolvimento de um ‘Plano de Gestão da Biodiversidade e Serviços dos Ecossistemas’ para as Nutrifarms – empresa pertencente do grupo que gere mais de 40 explorações agrícolas que se estendem por mais de 7 mil hectares e dois lagares de azeite, em Portugal e Marrocos.

Numa altura em que inicia a divulgação do seu Relatório de Sustentabilidade de 2020, o Grupo Sovena considera extremamente importante que comunicar suas atividades de maneira simples e transparente, veiculando suas preocupações e ações com foco em garantir a sustentabilidade ambiental, social e econômica da comunidade: “estou convicto que só conseguiremos ser escolhidos pelos nossos consumidores se formos ao encontro das suas inquietações, em um esforço genuíno de melhorar seu bem-estar e reforçar a autonomia de suas escolhas, bem como contribuindo para aumentar a resiliência dos vários ecossistemas do planeta”, finaliza João Basto.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados