Starbucks – Seu negócio não é só café

Na última reunião anual dos acionistas, a Starbucks informou que 2014 foi um excelente ano para a companhia, talvez o melhor deles. Com 14 mil unidades nas Américas, pretendem, nos próximos cinco anos, abrir mais 3,5 mil.
No resto do mundo planejam abrir mais 8 mil unidades. E como todos os varejistas de alimentação do planeta, também estão desenvolvendo um novo formato, bem menor. Será destinado exclusivamente para o cliente comprar e levar para casa ou trabalho, o que eles chamam de take-away. Será uma unidade bem urbana e de centro de cidade. E claro, terá o nome Express como todas as lojas varejistas menores.

Um rápido histórico da empresa:

1971 Primeira unidade aberta em Seattle’s, Estados |Unidos.
1984 Testam um novo modelo de cafeteria que se transforma em total sucesso.
1990 Já operam 55 unidades
1996 Abrem cafeterias no Japão e Cingapura operando no mundo 1.015 unidades.
1998 Expansão para diversos países como Nova Zelândia, Inglaterra, Tailândia, etc.
2002 Entram na Alemanha, Grécia, México e Espanha entre outros. Estão com 5.886 unidades.
2006 Brasil e Egito são os novos destinos. Já operam 12.440 unidades no mundo.
2010 Cresceram para 17 mil cafeterias.
2014 Estão em 49 países com cerca de 22 mil unidades.

Um bom número de supermercados americanos opera uma cafeteria e um pequeno snack como vocês sabem. No entanto várias unidades optaram por ter um Starbucks na sua área de vendas por ele ser um bom fator de atração da loja.
A companhia está querendo crescer sua linha de alimentos. No fim de 2019 pretende ter dobrado suas vendas de alimentos em todas as refeições diárias, falando de café da manhã, almoço, snack e lanche noturno.

Como curiosidade, a cidade do mundo commaior número de unidades, não é nenhuma americana, mas sim Shangai, na China. Aliás, esse país já conta com 16 mil operações. É por isso que metade das novas unidades a serem inauguradas estará em solo chinês, bem como no japonês.

* Antonio Carlos Ascar é estudioso das tendências mundiais do varejo de autosserviço. Graduado e pós-graduado em Administração de Empresas pela FGV (SP), e especialização em Empreendedorismo pela Babson College de Boston (EUA). É autor do livro Glossário Ascar de Termos Supermercadistas e do livro Distribuindo as Camisas (à venda nos sites www.submarino.com.br e www.extra.com.br). Por 31 anos foi diretor executivo do Grupo Pão de Açúcar, implantou diversos formatos de loja como: Extra, Minibox, Superbox, Peg Faça, Express, entre outros. Atualmente é consultor e sócio diretor da Ascar & Associados, empresa de consultoria que atua na prestação de serviços a redes supermercadistas. Ascar é também consultor de varejo da Abras e articulista da revista SuperHiper, publicação Abras. www.ascarassociados.com.br

Clique aqui e confira o dicionário do setor.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados