Anuário da Abipla revela líderes de venda em 2020

Saiba quais são os produtos mais consumidos durante o primeiro ano da pandemia

Os detergentes, tanto para roupas (+25,9%) quanto para louças (+12,23%), além de alvejantes e água sanitária (11,31%), foram os produtos de limpeza que registraram a maior alta na produção, durante o primeiro ano da pandemia do Covid-19.

As informações fazem parte do Anuário Abipla 2021, lançado, recentemente, pela Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes de Uso Doméstico e de Uso Profissional (Abipla). A publicação é referência em informações sobre a indústria de limpeza, reunindo dados do setor, como faturamento, empregos, número de empresas em atividade, crescimento de produção industrial e a oscilação de diversos produtos da cesta de limpeza nacional.

“A alta na demanda destes produtos está, claramente, relacionada aos hábitos impostos pela pandemia. Como muitas pessoas passaram a ficar mais tempo em casa, especialmente, em 2020, o consumo de detergentes para louças e para roupas foi impulsionado. A água sanitária também tem sido um dos mais utilizados produtos para desinfecção de ambientes e superfícies. É encontrada com facilidade, em qualquer lugar do País, tem custo acessível e é uma importante ferramenta para a saúde pública, pois protege contra diversos tipos de contaminações”, diz Paulo Engler, diretor-executivo da Abipla.

Outros produtos que tiveram aumento de demanda, em 2020, foram esponjas sintéticas (+10,27%), desinfetantes (+4,72%), sabão em barra (+4,66%), amaciantes (4,21%), limpadores multiuso (+4,04%) e limpadores para banheiros (+2,95%).

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados