Conheça os 6 fatores que irão impactar positivamente os supermercados em 2022

Com apoio da Fundação Instituto de Administração(FIA), ABRAS enumerou as situações que levarão a esse incremento nos negócios

O setor supermercadista brasileiro projeta para 2022 mais um ciclo de crescimento do consumo nos lares, com avanço previsto em 2,80%. A Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) apresentou durante sua coletiva de imprensa mensal os fatores que impulsionarão o consumo, com base em dados e análises macroeconômicas realizadas com o apoio da Fundação Instituto de Administração (FIA). 

No total, são seis os fatores que fomentarão o consumo nos lares:

1 – Aumento do salário-mínimo, que passou de R$ 1.100 para R$ 1.212, o que corresponde em uma alta de 10,2%. Esse acréscimo favorecerá a aquisição de produtos de primeira necessidade.  

2- Efeito positivo do salário-mínimo no Pis-Pasep. Quem tem direito a esse benefício irá receber mais do que recebeu no ano passado.

3- Substituição do Bolsa Família pelo Renda Brasil, que passou a contemplar uma quantidade maior de famílias. São 3 milhões de lares que foram adicionados ao novo programa social do governo, totalizando 17,5 milhões de famílias atendidas. 

4 – Ampliação do volume de recursos distribuídos pelo Renda Brasil. As famílias beneficiadas passaram a receber R$ 400 por mês, o que corresponde a um aumento mensal de R$ 224. Isso ampliará o poder de compra destas famílias.   

5- Redução do desemprego. Estima-se que cerca de 1,5 milhão de pessoas sairão da informalidade.

6- Por fim, deve-se considerar que 2022 é um ano de eleições e isso movimenta todo o País. O Congresso aprovou um Fundo Eleitoral de R$ 5,7 bilhões para ajudar os partidos a promover seus candidatos. Esse valor vai diretamente para o mercado sob as mais diversas formas de gastos. 

Conte com a ABRAS e siga nossas redes sociais para acompanhar as propostas para o setor. Juntos somos mais fortes e vamos mais longe.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados