GPA registra prejuízo líquido de R$ 88 milhões no 3º trimestre

Considerando o desempenho por formatos, houve disparada na operação das lojas de vizinhança e do e-commerce 

O GPA, dono da bandeira Pão de Açúcar, divulgou nesta quarta-feira que teve prejuízo líquido de 88 milhões de reais no terceiro trimestre, pior do que o resultado negativo de 63 milhões registrado um ano antes.

A companhia teve desempenho operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de 794 milhões de reais, recuo de 15,9% ano a ano.

A receita líquida da companhia que além do Brasil tem operações na Colômbia, Uruguai e Argentina, ficou quase estável no período, somando cerca de 12 bilhões de reais.

A margem bruta do GPA, controlador do grupo colombiano Éxito, recuou de 25,9% para 24,6%.

A empresa, que no mês passado anunciou sua saída do segmento de hipermercados em meio aos impactos da pandemia e do comércio eletrônico sobre as vendas no varejo físico, disse que as vendas mesmas lojas no Brasil caíram 0,3% no trimestre ante mesmo período de 2020 e que subiram 8,4% no comparativo com 2019. O dado não inclui o desempenho de hipermercados e de drogarias.

A venda mesmas lojas da rede Pão de Açúcar recuou 3,6% sobre 2020, enquanto as das bandeiras de proximidade, uma das principais apostas da empresa, disparam 12,1% no período. Enquanto isso, as vendas mesmas lojas do Éxito subiram 15,7%.

O grupo terminou setembro com 1.488 lojas, ante 1.508 no final do terceiro trimestre do ano passado.

Online

O GPA Brasil registrou recorde de vendas online alimentar de R$ 475 milhões, com crescimento de 46% vs 3T20 e de 393% vs 3T19, em base 12 meses atingiríamos um GMV de R$ 1,9 bilhão.

No 3T21 a penetração de vendas online foi para 9,3% vs 6,3% no 3T20, a penetração de vendas na bandeira Pão de Açúcar é de em média 15%, atingindo picos de 20% ao longo do trimestre;

No Grupo Éxito o Gross Merchandise Value (GMV) alcançou R$ 572 milhões no 3T21, com penetração de 9,3%.

Transação Extra Hiper:

Em 14 de outubro de 2021, divulgamos a transação envolvendo 71 pontos comerciais sob a bandeira Extra Hiper para cessão ao Assaí. Foi celebrado um memorando de entendimentos vinculante (“MoU”) entre as partes o qual prevê que o preço total da Transação a ser recebido pelo GPA será de R$ 5,2 bilhões, dos quais R$ 4,0 bilhões deverão ser pagos pelo Assaí ao GPA. O valor restante será pago ao GPA através de um fundo imobiliário, com a garantia do Assaí;

A transação intensifica o foco e a aceleração da expansão dos negócios de maior rentabilidade e em nossa plataforma digital, através dos segmentos premium e de proximidade. Das 32 lojas remanescentes da bandeira Extra Hiper, 28 devem ser convertidas para as bandeiras Pão de Açúcar e Mercado Extra e 4 estão em avaliação.

ESG

Compromissos ESG: o Grupo GPA faz parte dos principais índices de sustentabilidade ao redor do mundo e vem evoluindo constantemente suas iniciativas ESG com destaque no 3T21 para:

Brasil: tivemos importantes avanços na agenda de sustentabilidade ao longo desse trimestre, corroborando para a concretização do nosso compromisso de sermos um agente mobilizador para uma sociedade mais inclusiva e sustentável. Ao final de setembro tínhamos 53% do nosso quadro de colaboradores Mulheres e 52% se autodeclaram como Negros, promovendo a diversidade e inclusão para nossa gente;

Éxito: promovemos a sustentabilidade por meio de iniciativas de geração de valor, com o objetivo de contribuir para o crescimento econômico, o desenvolvimento social e a proteção do meio ambiente. Durante este trimestre, alcançamos 520 toneladas de resíduos coletados, um crescimento de 900% vs 3T20 devido a excelente participação de nossos clientes.

Fonte: Por Alberto Alerigi Jr., Reuters

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados