Mateus inaugura supermercado na região amazônica

Abertura da loja acontece em área colonizada pelos japoneses há um século. Com mais essa inauguração, o grupo chega a 202 lojas em operação 

Grupo Mateus inaugura loja da El Camiño na cidade de Tomé-Açu (PA), uma unidade ampla, segura e confortável com 1004,08m² de área de vendas, 94 vagas para carros e 95 vagas para motos.

No local, clientes encontram uma variedade de produtos com preços acessíveis, o que movimenta muito a economia da região. Para garantir a satisfação dos clientes, a rede conta com o apoio de 111 novos colaboradores.

“Continuamos cumprindo a nossa missão de oferecer oportunidade de trabalho para centenas de famílias. Temos certeza de que com o auxílio de cada um iremos continuar expandindo o nosso jeito de ser para todo o Brasil”.

O novo supermercado El Camiño foi construído na cidade colonizada por japoneses no século passado. É um público com hábitos e características peculiares em uma rica região sempre voltada à agricultura.

Mateus em números

Com estas inaugurações, o Grupo Mateus inicia o ano com 202 lojas em operação, sendo 62 varejo, 43 atacarejo e 97 de Eletro. Por estado são 116 lojas no Maranhão, 70 no Pará, 13 no Piauí e 2 no Ceará.

Tomé-Açu

Através dos imigrantes japoneses Tomé-Açu tornou-se então o maior produtor mundial de pimenta-do-reino, onde cinco mil toneladas eram colhidas por ano, após a Segunda Guerra Mundial. Mesmo após a decadência da pimenta-do-reino, ainda hoje, Tomé-Açu continua sendo a maior produtora brasileira da dita especiaria.

Através dos japoneses a região também se transformou na maior produtora de acerola do Brasil. Sendo na região amazônica, do Nordeste Paraense, a principal referência.

Também pela decadência da pimenta-do-reino por causa da fusariose na década de 1970 os imigrantes japoneses começaram a plantar cacau, que ganhou destaque e fez de Tomé-Açu o 6º maior produtor do estado. Sendo que quase 100% de todo o cacau produzido em Tomé-Açu segue o Sistema Agroflorestal, o SAF, tornando Tomé-Açu referência internacional em agricultura sustentável. Desde 2008 os agricultores nikkeis de Tomé-Açu produzem o cacau fino.

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados