Reckitt e WWF se unem com ações para sustentabilidade do planeta

Multinacional vai doar R$ 74 mi para preservar habitats de água doce na Amazônia e na Índia

O Grupo Reckitt, multinacional de bens de consumo em higiene, saúde e nutrição, e o WWF (Fundo Mundial para a Natureza), rede global de organizações não governamentais, anunciam uma parceria para combater a degradação mundial da natureza.

O objetivo é combinar a atuação em conservação do WWF e o alcance do Grupo Reckitt para inspirar milhões de pessoas a agirem em prol da natureza tanto local como globalmente. Juntos, o grupo e a organização trabalharão para criar soluções mais sustentáveis, ajudar a proteger ecossistemas de água doce que estejam em vulnerabilidade e a restaurar biomas para ajudar a construir um mundo mais limpo e saudável.

A parceria chega em um momento crítico para a natureza. As atividades humanas que geraram mudanças climáticas impactaram significativamente a biodiversidade e o meio ambiente, resultando em um declínio de 84% no tamanho das populações de espécies de água doce (mamíferos, pássaros, anfíbios, répteis e peixes), o que equivale a uma queda de 4% ao ano desde 1970. E uma em cada cinco (22%) espécies de plantas do planeta estão ameaçadas de extinção – elas são a base estrutural e ecológica de praticamente todos os ecossistemas terrestres e desempenham um papel fundamental para a vida na Terra, sendo vitais para a saúde, a alimentação e o bem-estar da população humana, de acordo com o Relatório Planeta Vivo 2020 do WWF.

Para ajudar a combater essa crise ambiental, a parceria utilizará do alcance e conscientização do consumidor do Grupo Reckitt e do conhecimento da natureza que o WWF tem para acelerar as transformações necessárias. Para financiar o projeto, o Grupo Reckitt fará uma doação de £ 10 milhões (equivalente a R$ 74 milhões) ao WWF ao longo de três anos, com três objetivos principais:

• Impulsionar a inovação sustentável por meio de pesquisa e colaboração;

• Inspirar milhões de pessoas a lutar pela natureza, envolvendo clientes, parceiros, funcionários e as marcas do Grupo Reckitt;

• Preservar habitats de água doce em duas das bacias hidrográficas mais importantes do mundo, o Ganges, na Índia, e o Tapajós, na Amazônia.

A parceria também visa proteger as espécies de água doce e melhorar os meios de subsistência para as pessoas que vivem nos afluentes das duas bacias. Na bacia do Ganges, o WWF amplificará o trabalho existente para proteger os habitats dos botos, restaurar os fluxos ambientais, implementar soluções baseadas na natureza e facilitar a gestão urbana e industrial da água.

Na bacia do rio Tapajós, na Amazônia, o WWF-Brasil fortalecerá o projeto para combater o desmatamento e a degradação que afetam esse habitat vital. Um componente chave do projeto é apoiar as comunidades indígenas na defesa de seus territórios contra ações de desenvolvimento insustentável, ao mesmo tempo que populações de espécies ameaçadas como o boto serão protegidas. Juntos apoirão políticas locais mais fortes e promoverão meios de vida sustentáveis que permitirão que as pessoas e a natureza prosperem.

O Grupo Reckitt também usará suas marcas de higiene mundialmente reconhecidas para educar, informar e inspirar consumidores em todo o mundo sobre a necessidade de agir em prol da natureza. Um exemplo é a união de Bom Ar com o WWF, já em andamento nos EUA e na Austrália, que tem o propósito de restaurar os habitats de flores silvestres, e será lançada em outros mercados – inclusive no Brasil – ainda em 2021.

“Somos uma empresa guiada por propósito e temos a responsabilidade de agir em nome do planeta. Ao nos unirmos à uma organização global com objetivos convergentes, como o WWF, podemos contribuir com nossa visão de negócios, redes e percepção do consumidor para construir um mundo mais limpo e saudável. Juntos, trabalharemos para causar um impacto positivo e inspirar pessoas em todo o mundo a se engajarem na causa”, afirma Sandra Arango, Diretora de Marketing da Reckitt Hygiene Comercial no Brasil.

“No WWF, nossa missão é criar um mundo no qual as pessoas e a natureza possam prosperar juntas. Trabalhar com a indústria é importante para estabelecer as bases para um futuro mais sustentável. Por meio dessa parceria com o Grupo Reckitt, temos uma oportunidade real de conservar e restaurar habitats naturais críticos, bem como incentivar milhões de pessoas a tomar medidas para proteger a natureza. O WWF compartilhará sua experiência e conhecimento do mundo natural com o Grupo Reckitt, e, em conjunto, criará estratégias para reduzir o impacto ambiental em seus negócios. Nossa intenção é que esta parceria sirva como um exemplo positivo para a indústria, mostrando que é possível ser um líder comercial e, ao mesmo tempo, proteger ecossistemas vulneráveis ​​e a saúde geral do planeta”, afirma Tanya Steele, CEO do WWF Reino Unido.

“Esta parceria é mais um exemplo de que grandes multinacionais estão preocupadas e comprometidas com a preservação da Amazônia. Por meio da parceria com o Grupo Reckitt, o WWF-Brasil poderá aumentar o trabalho de preservação de áreas protegidas na Amazônia, com fluxos livres e qualidade da água preservadas ou restauradas em 600 km da bacia do Rio Tapajós. Entre as prioridades, apoiaremos comunidades locais que protagonizam ações de conservação da natureza e fortalecem, assim, seus modos de vida com oportunidades econômicas. A proteção mais efetiva da região beneficiará espécies ameaçadas, como o boto, contribuindo para a regeneração dos ecossistemas”, afirma Edegar de Oliveira Rosa, Diretor de Conservação e Restauração de Ecossistemas do WWF-Brasil .

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados