Índice de ruptura dispara em abril

Números da Neogrid refletem várias dificuldades nos centros de distribuição das grandes redes

O sabão em pó vem chamando a atenção entre os produtos afetados pelos desequilíbrios nos estoques do varejo no momento de inflação elevada e outros fatores que o setor enfrenta neste ano, como a operação-padrão da Receita Federal.

Indicadores de ruptura nas gôndolas, que medem a falta do produto na ponta para o consumidor, mostram uma piora de 12,7% em fevereiro para 23,4% em março, que depois superou 32% em abril, segundo o monitoramento da Neogrid, que acompanha a cadeia de suprimentos.

Na avaliação da Neogrid, por falta de matéria-prima para a produção na indústria devido à operação dos fiscais, a venda do estoque não teve a reposição prevista.

A inflação costuma ser outro aspecto responsável pela ruptura de produtos nos supermercados porque altera as negociações entre indústria e varejo.

Fonte: Painel, FSP

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados