Layout das lojas pode ajudar consumidor nas escolhas mais saudáveis

Estudo realizado no Reino Unido e na Islândia mostra impacto das mudanças de padrões de compra de acordo com a disponibilidade de produtos no checkout

Um estudo realizado em lojas da rede de supermercados Iceland Foods no Reino Unido e na Islândia mostra que a retirada de produtos como chocolates, doces e chicletes das proximidades do caixa pode fazer uma grande diferença na disposição de adquirir produtos mais saudáveis.

Segundo o estudo, liderado pelas pesquisadoras Christina Vogel e Janis Baird, da Faculdade de Medicina da Universidade de Southampton, no Reino Unido, e publicado recentemente na revista PLOS Medicine, a substituição de produtos calóricos e pouco nutritivos da área do checkout e do topo das gôndolas dos supermercados por frutas e vegetais reduziu a venda de itens de bomboniere e o aumento de FLV.

No estudo, algumas lojas da rede Iceland tiveram seu layout alterado para colocar a área de frutas, legumes e verduras perto da entrada da loja, além de disponibilizar frutas em posições de destaque ao longo do PDV e no checkout. Como resultado, um layout de loja mais saudável contribui para a venda de quase 10 mil porções extras de hortifrutis e cerca de 1.500 itens de bomboniere a menos por semana, por PDV.

“Alterar o layout da loja pode ajudar as pessoas a mudar sua dieta e alcançar as recomendações de boa alimentação”, afirma Christina Vogel, que é especialista em nutrição na saúde pública e epidemiologista

Compartilhe esta noticia!

Posts Relacionados